Dr. Marcelo Schettini

História do criador dos consultórios portáteis Odontocase

Aos 15 anos teve uma dor de dente por 3 semanas, devido a falta de recursos financeiros para resolução do problema, decidindo ser dentista e jurando nunca negar atendimento para aquele que sofre com dor de dente.
Desde o ano de 1981, o dentista Marcelo Schettini, então com 17 anos, Estudou na Unigranrio, cursando a faculdade de Odontologia na Baixada Fluminense no Estado do Rio de Janeiro, área de extrema pobreza, podendo vivenciar a real necessidade da população no tocante ao atendimento odontológico.
Vindo de uma família de classe média baixa, custeou seus estudos, vendendo lingirie, mel de abelha, cachaça na faculdade, em 1982, foi obrigado a pedir o desligamento ao curso devido a problemas financeiros, porém o reitor da faculdade, o Professor José de Souza Herdy, não permitiu, e emitiu um cheque pessoal para quitar as mensalidades em atraso para que eu pudesse conseguir estudar até conseguir o crédito educativo no terceiro ano.
No ano de 1983, ainda acadêmico montou, sua primeira clinica odontológica, no bairro de Lote XV , Belford Roxo, com um conceito popular, mas com alto padrão de qualidade de atendimento.
O sucesso foi exponencial e se tornou, em menos de 5 anos proprietário de uma rede de mais de 10 clinicas, com mais de 100 cadeiras.
Sempre voltado ao trabalho social, hoje podemos denominar de negócio social, onde cobrava uma mensalidade de R$10,00, para dar garantia de todo e qualquer tratamento que seus clientes puderem ter, fazendo criando assim um modelo de fidelização.
Por sua inquietude e trazendo uma tradição de filantropia, foi compelido a fazer algo diferente, uma vez que o método convencional é inoperante, inviabilizando o atendimento de massa, com recursos disponíveis, ou seja, consultórios fixos em locais “nobres” onde a população jamais poderia chegar, pois nem mesmo tinham o transporte público.
E ainda assim, quando chegavam ficavam constrangidos com as diferenças sociais e não retornavam.
Desenvolveu primeiramente um trailer odontológico, seguido de ambulâncias odontológicas, porem ainda era uma solução muito cara . A seguir, criou, desenvolveu e patenteou um equipamento odontológico portátil completo para o dentista, foi um passaporte ao sucesso empresarial, pois hoje possui a única empresa de odontologia domiciliar de urgência do mundo, trabalha para grandes grupos , atendendo a mais de 1.4M de usuários, no conceito securitário, onde vende serviços de urgência em todo o Brasil , USA e Europa, 24h, por menos de um dólar mês. Trabalhando nos moldes as UTIs, móveis que atendem as emergências em domicilio aos seguros de saúde, cartões de créditos, cartões de benefícios, entre outros.
Replicou o modelo de sucesso empresarial junto a sua OSCIP, para comunidades carentes do Rio de Janeiro, com o projeto super premiado DENTISTA NA FAVELA.
Seu sonho/desafio é criar o SADU (serviços atendimento dentários de urgência). Espelhando o nosso SAMU *193.